O Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo tem a satisfação de parabenizar a Profa. Dra. Luciana Luna Anna Lomonaco, que foi docente do Departamento de Matemática Aplicada deste Instituto, no período abril de 2016 a janeiro de 2020, e hoje atua no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), por ser a primeira mulher a receber o "Prêmio de Reconhecimento UMALCA (União Matemática da América Latina e Caribe)" dedicado à jovens matemáticos.

É a primeira vez que uma mulher é reconhecida pela instituição. Assista a cerimônia de premiação UMALCA 2020: 
https://www.youtube.com/watch?v=lPUfFZxDaSE&feature=emb_logo

 

 

25.09.2020 | Serviço de Apoio Institucional
Rachel de Freitas Poli

Em junho de 2019, a professora e pesquisadora titular do Instituto de Química da USP Alicia Kowaltowski participou da edição #28 do USP Talks, que aconteceu no auditório do MASP. Bioquímica de formação, Kowaltowski é especialista em metabolismo energético, estuda como o organismo obtém energia dos alimentos e as implicações disso para a saúde e o envelhecimento. Algumas das questões abordadas neste vídeo são: Para que servem as universidades públicas no Brasil? Qual é o papel que elas desempenham na sociedade e como elas contribuem para o desenvolvimento do país?

 


Pesquisadora comenta contribuição das universidades públicas para a sociedade. Assista:
https://www.youtube.com/watch?v=f4fogp-NKZA

 

Sobre o USP Talks

Todo mês são discutidos temas de importância para a sociedade, com especialistas da comunidade acadêmica, em palestras rápidas e objetivas. O debate é sempre mediado pelo jornalista Herton Escobar. 

Siga o USP Talks nas redes sociais:

... Site oficial: http://bit.ly/usptalks_site

... Facebook: http://bit.ly/usptalks_FB

... YouTube: http://bit.ly/usptalks_YT

... Twitter: http://bit.ly/usptalks_TW

 

25.09.2020 | Serviço de Apoio Institucional
Texto: Rachel de Freitas Poli
Colaboração: Luana Giacomini Barbosa

pexels photo 3862130

Imagem: Pexels

 

De 12 a 16 de outubro, acontece a 8ª Semana da Licenciatura em Matemática (SeLic), do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME - USP), um evento bienal que tem como objetivo a divulgação da área de educação na matemática.

 

O evento, que este ano ocorrerá virtualmente, terá como tema “Mulheres, Matemática e Educação” e contará com a participação de professoras e pesquisadoras da área. As convidadas abordarão desde tecnologia no ensino até representatividade das mulheres negras na Matemática com palestras, formato interativo e roda de conversa. O público-alvo são professoras(es) da rede de ensino, alunas(os) de licenciatura e demais pessoas interessadas nos assuntos propostos.

 

O evento foi criado em 2004 por professoras(es) do IME, do Instituto de Física e da Faculdade de Educação da USP. Em 2008, começou a ser organizado pelas(os) alunas(os) da Licenciatura em Matemática do IME de forma bienal. Já a partir de 2016, passou a ser definido um tema para cada edição, a fim de abordar uma maior diversidade de ideias e formatos. Em 2016, o tema foi “Tecnologias”, e, em 2018, “Educação Inclusiva”.

 

PARA MAIS INFORMAÇÕES: https://www.ime.usp.br/selic/

 

22.09.2020 | Serviço de Apoio Institucional
Texto: Rachel de Freitas Poli
Colaboração: Luana Giacomini Barbosa

O confisco das reservas das Universidades Estaduais Paulistas e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) levará a consequências desastrosas para a sociedade brasileira.

Nos últimos dez anos a arrecadação de impostos em São Paulo foi significativamente reduzida devido a flutuações na economia. Na USP, houve um corte da ordem de R$ 940 milhões nos orçamentos planejados. Usando a sua autonomia financeira, a Universidade de São Paulo superou essas dificuldades com medidas duras de contenção dos gastos. Após oito anos, em janeiro de 2020 a USP finalmente atingiu o equilíbrio. O custo foi que, durante este período, houve muito pouco investimento em infraestrutura.

Ao propor o Projeto de Lei 529, no artigo 14, o governo estadual ameaça retirar a autonomia da universidade através do recolhimento do valor economizado para ações que teriam impacto na educação, pesquisa e atendimento a necessidades da sociedade. Se for aprovado, não haverá qualquer garantia que valores recolhidos sejam devolvidos no ano seguinte. Com isto, a universidade perde a sua autonomia de planejamento, dado que o sucesso dos investimentos em educação, ciência e tecnologia são realizados na escala de tempo de vários anos e não numa base anual.

Além do impacto sobre as universidades, o PL 529 também afeta a FAPESP. Como os compromissos com projetos apoiados pela Fundação têm prazo de até cinco anos, o recolhimento do saldo positivo no fim do ano afetaria drasticamente diversos projetos científicos se não estiver disponível nos anos seguintes. O impacto disto seria desastroso para as universidades paulistas, uma vez que grande parte da pesquisa nas universidades depende da FAPESP.

As universidades paulistas prestam um serviço fundamental à sociedade, não só no estado de São Paulo, mas em todo o Brasil. A USP, sendo a principal universidade da América Latina, forma um enorme contingente de alunos altamente qualificados que atuarão na saúde, indústria, no governo e nos serviços, além de produzir os líderes e empreendedores que garantem a pujança do estado de São Paulo e projetam o Brasil no cenário internacional. Esses profissionais têm esta capacitação porque estudam em um ambiente em que há pesquisa, discussão, criatividade e liberdade intelectual. Este foi o grande objetivo dos criadores da USP em 1933 e que deve permanecer no espírito de todos os responsáveis pela condução desta exemplar instituição.

Sem autonomia financeira, é impossível ter autonomia intelectual e sem esta última é impossível formar agentes transformadores da sociedade.

 

Caetano Juliani
Diretor do Instituto de Geociências

Luis Carlos de Souza Ferreira
Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas
Elisabete de Santis Braga da Graça Saraiva
Diretora do Instituto Oceanográfico
Manfredo Harri Tabacniks
Diretor do Instituto de Física
Janina Onuki
Diretora do Instituto de Relações Internacionais
Marcos Buckeridge
Diretor do Instituto de Biociências
Júnior Barrera
Diretor do Instituto de Matemática e Estatística
Pedro Leite da Silva Dias
Diretor do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas

Fabio Frezatti
Diretor da Faculdade de Economia e Administração

 

 

feira profissoes

Tradicional evento ganha versão digital, totalmente gratuita, com lives, estandes virtuais, vídeos exclusivos e informações
sobre cursos, carreiras, ingresso na Universidade e políticas de permanência estudantil

 

Um dos maiores e mais tradicionais eventos da USP na área de extensão e relacionamento com a sociedade, a Feira USP e as Profissões vem sendo marcada, há 19 anos, por uma intensa participação de jovens em busca de seu futuro profissional. A cada edição, o público tem contato com professores e pesquisadores, além de estudantes universitários, possibilitando conhecer de perto os cursos e carreiras, tirar dúvidas e ampliar horizontes. Também são oferecidas atividades culturais, exibições de acervos, orientação vocacional e informações de políticas de acesso e permanência estudantil.

 

Acesse: uspprofissoes.usp.br

 

feira profissoes 2019

As últimas edições da Feira USP e as Profissões na capital foram realizadas
no Parque de Ciência e Tecnologia (CienTec) da USP.

Em 2019, mais de 100 mil jovens participaram das duas edições anuais do evento - uma na capital e outra em um dos campi do interior do Estado - em uma ação de democratização do ensino público e de redução da evasão escolar.

Diante da atual pandemia de covid-19, a Universidade se viu diante do desafio de preparar um evento com os mesmos conteúdos, porém de forma digital. Por não ser presencial, a Feira USP e as Profissões deste ano ocorrerá em edição única, abrangendo todos os campi da USP.

Nos dias 3 e 4 de setembro, todas as unidades de ensino e pesquisa, museus e institutos estarão compondo uma programação dinâmica e interativa. Serão lives, bate-papos, vídeos exclusivos e conteúdos culturais, sempre oferecendo ao público informações e atividades elaboradas pelas equipes de seus 142 cursos, em oito campi, além dos museus e órgãos de cultura.

A participação no evento é totalmente gratuita e não demanda inscrições prévias, bastando acessar o site uspprofissoes.usp.br.

 

Para a professora Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado, pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária da USP, trata-se de uma oportunidade de ampliar o alcance da feira e democratizar ainda mais seus conteúdos: “Se já existe uma grande procura pelas nossas feiras na versão presencial, imaginamos que a edição digital vai possibilitar que um público bem maior possa acessar nosso evento, uma vez que eliminam-se os custos e as dificuldades logísticas de deslocamento. Isso nos permite dialogar com estudantes de todo o Brasil, e até mesmo de fora, o que é de suma importância para uma universidade pública, gratuita e de excelência como é a USP”, afirma.

A pró-reitora ressalta ainda o trabalho da equipe e das unidades de ensino para garantir a qualidade e o dinamismo da Feira. “Não se trata apenas de um mero site com textos e vídeos", explica. "Todo o conteúdo está sendo montado de forma específica para o evento, com uma grande quantidade de horas de transmissões ao vivo, interações, vídeos e atividades produzidos exclusivamente para esta edição”. "Os bastidores das Ciências do Mar: curiosidades biológicas e experiências"; "A arte no preparo de medicamentos: o papel da farmacotécnica e nanotecnologia"; "Energia, mudanças climáticas e gestão"; "Experiências matemáticas"; e "A carreira do internacionalista" são algumas das dezenas de palestras que os estudantes poderão conferir na Feira USP e as Profissões. A programação completa de todas as áreas estará disponível no site a partir do dia 3 de setembro.

As atividades culturais também Show da Física foi criado há mais de 25 anos. estarão contempladas.

Os participantes poderão fazer um passeio virtual no Parque CienTec, incluindo planetário e trilha ecológica. Haverá Preparação Vocal com Coralusp e um programa de exposições do Museu do Ipiranga. E ainda bate-papos sobre música com a Osusp, entre diversas outras atrações. Entre as atrações mais procuradas nas edições anteriores, o “Show da Física” e a Orientação Vocacional do Instituto de Psicologia (IP) da USP também estarão na edição digital. O primeiro traz experimentos lúdicos há mais de 25 anos de forma descomplicada para os estudantes. Já a orientação vocacional terá estande virtual próprio para auxiliar os jovens na procura de sua profissão.

 

Com informações de Michel Sitnik e Elcio Silva / Comunicação Institucional PRCEU - USP.

 

Serviço
Feira USP e as Profissões 2020 - Edição Digital
Quando | 3 e 4 de setembro de 2020 (quinta e sexta) das 10h às 16h.
Quanto | gratuito, sem necessidade de inscrição
Endereço | uspprofissoes.usp.br

Contato para dúvidas e informações | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

PROGRAMAÇÃO

Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo

 

 

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

03.09 Quinta

10:30 - 11:00 Grade do Curso: Licenciatura x Bacharelado

11:00 - 12:00 Tópicos de Matemática (o que é uma demonstração, tipos de infinito, etc)

12:00 - 13:00 Os mitos do ingresso na USP

13:00 - 14:00 O CAEM (Centro de Aperfeiçoamento do Ensino de Matemática) e a Licenciatura em Matemática do IME-USP

14:00 - 15:00 Malba Tahan e Resoluções de Problemas em Matemática

15:00 - 16:00 Experiências Matemáticas

04.09 Sexta

10:00 - 11:00 Matérias do primeiro ano: Cálculo, Álgebra Linear...

11:00 - 12:00 Permanência na USP: bolsas, auxílio, moradia, transporte

12:00 - 13:00 Intercâmbio, Estágio, Iniciação Científica

13:00 - 14:00 O CAEM (Centro de Aperfeiçoamento do Ensino de Matemática) e a Licenciatura em Matemática do IME-USP

14:00 - 15:00 Malba Tahan e Resoluções de Problemas em Matemática

15:00 - 16:00 Experiências Matemáticas

 

BACHARELADO EM MATEMÁTICA

03.09 Quinta

10:30 - 11:00 Conversa com alunos e ex-alunos

11:00 - 12:00 Sobre o Bacharelado em Matemática

12:00 - 13:00 Principais dificuldades enfrentadas na graduação

13:00 - 14:00 O que é Pesquisa em Matemática?

14:00 - 15:00 Matemáticos no Mercado de Trabalho

15:00 - 16:00 Como estudar Matemática

04.09 Sexta

10:00 - 11:00 Conversa com Professores e Pós-Graduandos

11:00 - 12:00 O que te fez escolher o Bacharelado em Matemática?

12:00 - 13:00 Saiba o que esperar do curso

13:00 - 14:00 Curiosidades Matemáticas

14:00 - 16:00 Conversa com alunos e ex-alunos

 

ESTATÍSTICA

03.09 Quinta

10:30 - 11:00 O excelente mercado de trabalho do estatístico

11:00 - 12:00 Estatística e Empreendedorismo

12:00 - 14:00 Bate-papo com alunos, ex-alunos e professores

14:00 - 15:00 Sobre o Curso do Bacharelado em Estatística

15:00 - 16:00 Como a Estatística está transformando o mercado do Marketing

04.09 Sexta

10:00 - 11:00 O excelente mercado de trabalho do estatístico

11:00 - 12:00 Estatística e Empreendedorismo

12:00 - 14:00 Bate-papo com alunos, ex-alunos e professores

14:00 - 15:00 Atualização Contínua em Estatística para o Mercado de Trabalho

15:00 - 16:00 Como a Estatística está transformando o mercado do Marketing

 

MATEMÁTICA APLICADA E MATEMÁTICA APLICADA COMPUTACIONAL

03.09 Quinta 

10:30 - 11:00 Conversa com os alunos dos cursos de Matemática Aplicada do IME-USP

11:00 - 12:00 Conversa com professores e ex-alunos de Matemática Aplicada

12:00 - 14:00 Conversa com os alunos dos cursos de Matemática Aplicada do IME-USP

14:00 - 15:00 Conversa com professores e ex-alunos de Matemática Aplicada

15:00 - 16:00 Conversa com alunos e ex-alunos de Matemática Aplicada

04.09 Sexta

10:00 - 11:00 Conversa com os alunos dos cursos de Matemática Aplicada do IME-USP

11:00 - 12:00 Conversa com professores e ex-alunos de Matemática Aplicada

12:00 - 14:00 Conversa com os alunos dos cursos de Matemática Aplicada do IME-USP

14:00 - 15:00 Conversa com professores e ex-alunos de Matemática Aplicada

15:00 - 16:00 Conversa com alunos e ex-alunos de Matemática Aplicada

 

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

03.09 Quinta

10:30-11:00 Entrevistas com alunos e ex-alunos do curso 

11:00-11:30 "Ciência da Computação", palestra por docente 

11:30-12:00 Entrevistas com alunos e ex-alunos do curso 

12:00-12:30 "Ciência da Computação", palestra por docente 

12:30-13:00 "Ciência da Computação", palestra por docente

13:00-14:00 Apresentação do curso e respostas às dúvidas por docente 

14:00-15:00 Apresentações dos grupos de extensão do curso 

15:00-15:30 "Machine learning: máquinas aprendem?" 

15:30-16:00 "Ciência da Computação na era do Big Data" 

04.09 Sexta

10:00-11:00 Apresentação do curso e respostas às dúvidas por docente 

11:00-12:30 Entrevistas com alunos e ex-alunos do curso

12:30-13:00 "Ciência da Computação", palestra por docente 

13:00-14:00 Apresentação do curso e respostas às dúvidas por docente 

14:00-15:00 Apresentações dos grupos de extensão do curso 

15:00-15:30 "Machine learning: máquinas aprendem?" 

15:30-16:00 "Ciência da Computação na era do Big Data"  

 

 

 

Pesquisadores da empresa Scipopulis, startup membra do INCT da Internet do Futuro para Cidades Inteligentes sediado no IME-USP, desenvolveram uma plataforma para monitorar as emissões do transporte público em São Paulo de forma a ajudar a atingir a meta de zerar as emissões do transporte público na cidade em 20 anos.

O Jornal da USP entrevistou o pesquisador-fundador Roberto Speicys: https://jornal.usp.br/universidade/plataforma-calcula-dados-de-emissao-de-gases-no-transporte-publico/

Outras infomações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
https://interscity.org/

 

Edina Arouca | 20.08.2020
Centro de Competência em Software Livre do IME-USP

destaque avanco pesquisas map Diante da pandemia causada pelo novo coronavírus, pesquisadores do Departamento de Matemática Aplicada do IME-USP (MAP) sentiram-se desafiados a direcionar suas
linhas de pesquisa para novas investigações para o enfrentamento da doença.

O grupo de biomatemática do Departamento de Matemática Aplicada do IME-USP (MAP) vem trabalhando na modelagem de epidemias há alguns anos, com seminários regulares e colaborações com outros departamentos e institutos. O foco estava concentrado em dengue, mas com a chegada da pandemia, as pesquisas se voltaram para a Covid-19. As pesquisas de antes da pandemia já contavam com uma excelente parceria com a empresa InLoco, no contexto de exploração de dados de mobilidade para modelagem epidêmica, além de interações com diversos epidemiologistas de renome. A pandemia acelerou uma interação maior de colaborações já existentes, e assim as pesquisas evoluíram mais rapidamente.

Atualmente, alguns dos professores do MAP integram diferentes grupos de apoio científico de entidades governamentais, auxiliando na tomada de decisão e planejamento estratégico de ações. O grupo atua dentro do centro de crise do Governo do Estado de São Paulo, auxiliando com análises de dados epidemiológicos e modelos preditivos que ajudam no planejamento de médio prazo das ações do governo. O grupo também atua em um subcomitê do Comitê de Pesquisa do Consórcio Nordeste, auxiliando em análises de mobilidade e risco de disseminação da Covid-19. Na linha de monitoramento da pandemia, análises da evolução da pandemia no Brasil são divulgadas em tempo real na Folha de São Paulo, permitindo um acompanhamento dos municípios em suas fases da curva epidêmica. Análises de isolamento social são divulgados no site do grupo do MAP para mais de 4 mil municípios do país, sendo o único local onde esse tipo de dado é abertamente disponível a prefeituras e público em geral. Assim, as contribuições aparecem tanto na parte de monitoramento (evolução da pandemia e medidas de distanciamento social) quanto no auxílio de plano de ações (com modelagem epidemiológica). Essas contribuições visam reduzir o impacto da pandemia na sociedade em geral.
Além do comitê de contingenciamento do governo do estado de São Paulo, do comitê de pesquisa do consórcio Nordeste, e da Folha de São Paulo, já citados anteriormente, diversas prefeituras (incluindo consórcios) solicitam auxílio do MAP em análises de medidas de controle da pandemia ou monitoramento. O grupo também tem colaborado com outros pesquisadores para análises regionais.

 

AVANÇO DAS PESQUISAS
Atualmente o grupo de pesquisa trabalha em um modelo preditivo que acopla espacialmente os municípios de São Paulo com dados de mobilidade. Esse modelo tem sido usado no centro de crise do governo do estado, e tem se mostrado muito útil no entendimento da evolução epidêmica no estado. Além disso, o entendimento da relação entre o distanciamento social e seu efeito na velocidade de propagação da doença, ainda carece de estudos. Apesar de ser bem entendido do ponto de vista teórico, na prática os dados não refletem tão diretamente o que se conhecia sobre o assunto e o que tem-se usado em modelos de cenários. Temos trabalhado em melhorar esse entendimento, para poder esclarecer o que seria um distanciamento social ideal e seu real impacto na epidemia. Outros estudos também estão em andamento, por exemplo considerando as vulnerabilidades sociais e suas relações com a Covid-19.

 

INTERDISCIPLINARIDADE DAS PESQUISAS
A pandemia trouxe junto com a crise uma necessidade e abertura para intensas colaborações interdisciplinares. Esse tem sido o grande trunfo para lidar com a crise, pois pesquisadores do Brasil e do mundo estão hoje mais do que nunca mais abertos a colaborar. Atualmente, o grupo do MAP interage semanalmente com dezenas de pesquisadores do país e de fora, compartilhando dados e ideias.
Um resultado curioso foi uma colaboração com o Grupo de sismologia do IAG-USP, na qual foi analisada a relação de ruídos sísmicos com a mobilidade urbana (distanciamento social), publicado em uma importante revista da área de geofísica.


REPERCUSSÃO NA MÍDIA

Além da divulgação em tempo real na Folha de São Paulo, o trabalho dos pesquisadores do MAP tem tido repercussão na mídia, como a participação ao vivo do Prof. Dr. Renato Vicente no jornal Bom dia PE, da TV Globo Nordeste, com o tema Recife está no caminho para resolver crise da Covid-19, aponta pesquisador da USP e na matéria do Diário de Pernambuco, intitulada "Recife está na direção de resolver epidemia", diz professor da USP, ambas veiculadas no dia 17/07/2020.

 

Prof. Renato Vicente em participação ao vivo na Globo Nordeste

Participação ao vivo do Prof. Dr. Renato Vicente do MAP, em telejornal da TV Globo Nordeste.
Assista: http://g1.globo.com/pernambuco/videos/t/todos-os-videos/v/recife-esta-no-caminho-para-resolver-crise-da-covid-19-aponta-pesquisador-da-usp/8705649/

 

SAIBA MAIS

Mais informações e publicações sobre as pesquisas do Departamento de Matemática Aplicada do IME-USP podem ser encontradas em www.ime.usp.br/~pedrosp/covid19.

 

 



06.08.2020 | Serviço de Apoio Institucional
Texto: Prof. Dr. Pedro Peixoto
Colaboração: Luana Giacomini Barbosa
Supervisão: Marcelo Modesto Costa