MEU MÉTODO PARA APRENDER LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

Valdemar Setzer
www.ime.usp.br/~vwsetzer
Original: 16/9/09; esta versão: 20/9/09

1. Línguas próximas ao português, como espanhol e italiano, talvez também o francês.

1.1 Use um livro, e comece a ler.
1.2 Quando encontrar uma palavra desconhecida, coloque um numerozinho sobre ela, à direita ou à esquerda, na sequência por página: 1, 2, 3, etc. Por exemplo, em italiano, suponha que aparece no texto imparare; colocando o próximo número, digamos 3, escreva-o no texto assim: imparare3.
1.3 Procure no dicionário cada palavra não entendida durante a leitura. Na parte de cima da página, coloque o numero da palavra como marcou no texto (1, 2, 3, etc.) seguido da tradução adequada encontrada. No exemplo, coloque no topo da página: 3 aprender. Se não houver mais lugar no topo, comece a colocar as traduções no pé da página.
1.4 Ao chegar ao fim da página, percorra as palavras marcadas com os numerozinhos e veja se lembra a tradução das mesmas. Se não lembrar, leia a frase, pois o contexto ajuda muito. Não lembrando ainda, leia a tradução que foi colocada no topo ou no pé da página. Note que neste método você estará fazendo um dicionário para cada página, acelerando muito a busca de palavras ainda não aprendidas.
1.5 Durante a leitura, volte para trás e repita o item 1.4, até conhecer todas as palavras marcadas com números. A REPETIÇÃO É O QUE HÁ DE MAIS IMPORTANTE NO APRENDIZADO DE LÍNGUAS.
1.6 No sentido de repetição, corte uma folha de papel branca em retângulos de uns 5x4 cm. Escreva cada palavra nova e a tradução em um papelzinho. Se tiver paciência e tempo, escreva a frase onde ele aparece, para mostrar o contexto de uso. Leve o bolinho de papeizinhos no bolso, bolsa ou pasta, e fique repassando , nos momentos de folga, espera numa fila, etc.
1.7 Eu aprendi a ler em italiano como descrevi acima (sem o 1.6, pois italiano é super-bico para os de fala portuguesa), lendo apenas um livro. Do segundo em diante, não usei mais dicionário, pois conseguia inferir o significado das palavras novas a partir das outras já conhecidas. Para mim foi muito importante complementar com um curso em CDs, para acostumar-me a ouvir e a falar, e ainda conscientizar-me de certas regras gramaticais.
1.8 Só ler não basta para compreender a língua falada e aprender a falar. Compre um curso da língua em CDs. Leia uma lição aplicando o método 1.2-1.5. Em seguida, ouça o CD repetidamente, até compreender todas as palavras e frases. Ouça no carro, assim você aproveita o tempo que gasta nele, principalmente nos congestionamentos note como não se aborrecerá mais neles! Fale os diálogos junto com o CD. Assim eu consertei minha pronúncia em russo antes disso um russo me disse que ela era caipira...
1.9 Muito importante no curso em CDs é que o manual certamente irá tratar de gramática. Algum conhecimento de gramática é essencial. Algo da gramática pode ser colocado ao lado da tradução posta no topo ou no pé da página, por exemplo, em russo, se o verbo é perfectivo ou imperfectivo, e a forma contrária.
1.10 Grave os CDs em MP3, carregue no seu tocador de MP3 ou no celular, e fique ouvindo as lições sempre que puder. Você aproveitará o tempo, o que não acontece ouvindo músicas!
1.11 Não compre cursos em DVD para computador. Minha experiência com eles é péssima; em geral são de memorização chata de palavras, em lugar de ter textos.

2. Línguas distantes do português, como inglês, alemão, etc.

2.1 Compre um manual com CDs, e use o método 1.1 a 1.9.
2.2 Logo que souber bastante palavras, use um livro infantil. Tente ler, aplicando o método 1.2 a 1.6. Se possível, peça para uma pessoa nativa na língua para ler o livro e gravar, por exemplo em MP3. Leia um capítulo, e depois fique ouvindo-o até entender todas as palavras. Passe o MP3 para CD (eventualmente em gravação de áudio) para ouvir no carro, se o usa com frequência.

3. Há pessoas que precisam de aulas presenciais ou virtuais. Eu recomendaria seguir meu método primeiro e ver se ele funciona, pois é muito mais eficiente e barato! Além disso, ele dá uma base para se aproveitar melhor um curso.

Se seguir esse meu método, dê-me um retorno para contar se funcionou ou não (veja meu endereço de e-mail em meu site).