Zmodem via telnet


[Home] [Dissertação] [Biba] [Linux] [Conjugue] [br.ispell] [axw3] [uplink]

Através de uma seção shell remota aberta pode-se ou não conseguir transferir arquivos. Quando se trata de texto, a possibilidade do download pode resumir-se à de se fazer a captura local do texto exibido pelo emulador de terminal. Sendo isso possível, basta executar um "cat" do arquivo remoto.

Os programas de comunicação que acompanham os modems habitualmente implementam vários protocolos (kermit, zmodem e outros) que através da seção em curso permitem fazer tanto o download quanto o upload, desde que o computador remoto possua os aplicativos de transferência.

Quando se faz um "telnet" de uma máquina para outra, têm-se uma seção remota aberta através de um canal bidirecional. O zmodem ou outros protocolos em princípio poderiam utilizar esse canal. A dificuldade se reduz a conseguir disparar nas duas pontas os programas de envio e recepção.

Vamos descrever um processo através do qual isso pode ser feito. O cliente está rodando a partir de um xterm em Linux. Nem o cliente telnet e nem o xterm fazem detecção do header do zmodem ou disparo do rz local, assim isso tem que ser feito manualmente. Depois de vários testes, o único modo com que conseguimos fazê-lo é o seguinte:

Dessa forma conseguimos fazer downloads, mas não uploads, talvez por causa do telnet capturar o seu caractere de escape. Gostariamos de possuir um processo mais simples, talvez disparando manualmente o rz, mas ainda não conseguimos. Aparentemente existem clientes telnet para windows que possuem suporte para zmodem built-in, nesse caso bastaria disparar o sz remoto.