Recuperando um becape da fita


[Home] [Dissertação] [Biba] [Linux] [Conjugue] [br.ispell] [axw3] [uplink]

O que segue é uma receita básica para recuperar o becape de uma fita a fim de reconstruir um disco (linux) que crashou. Para isso, está sendo utilizada uma segunda máquina que está rodando Linux. O becape originalmente foi feito no drive dessa segunda maquina, que montava o disco da outra por nfs para fazer um becape conjunto das duas.

Para recuperar o becape da fita:

1. A motherboard tem duas controladoras IDE, e suporta quatro
devices. Ja' ha' dois presentes na segunda maquina (HD e CD), voce
precisa montar o HD novo nele sem provocar conflitos. Em principio as
possibilidades sao:

   master, controladora primaria (/dev/hda)
   slave, controladora primaria (/dev/hdb)
   master, controladora secundaria (/dev/hdc)
   slave, controladora secundaria (/dev/hdd)

O HD da segunda maquina e' o master da primaria (hda). Se o CD for o
master da secundaria, entao as possibilidades restantes sao hdb e
hdd. Nao obstante, cheque cuidadosamente antes qual e' a configuracao
do CD, ou nada ira' funcionar. Vou supor que o HD novo foi montado
como slave da primaria (hdb).

Voce devera' registrar o HD novo no CMOS da segunda maquina indicando
que deseja LBA ativado.

2. Boote o sistema da segunda maquina e crie a particao de sistema e a
de swap (troque "hdb" pelo device que voce estiver usando):

   # fdisk /dev/hdb

Para evitar problemas, tente criar essas particoes com os mesmos
tipos e numeros que elas tinham no disco que pifou, por exemplo:

   particao 1 primaria tipo 83 (sistema)
   particao 2 primaria tipo 82 (swap)

3. Formate as duas particoes (troque "hdb1" e "hdb2" pelos devices que
voce estiver realmente usando):

   # mke2fs -c /dev/hdb1
   # mkswap -c /dev/hdb2

4. Monte a particao de sistema do disco novo no mesmo ponto em que
voce montava o disco velho por nfs. Vamos supor que seja o
diretorio /mnt/nfs. Entao basta fazer (troque "hdb1" pelo
device que voce estiver usando):

   # mount -t ext2 /dev/hdb1 /mnt/nfs

5. Extraia da fita o becape (muito cuidado neste ponto para nao errar
algum path, ou voce podera' estragar o filesystem da segunda maquina):

   # cd /
   # tar xvf /dev/st0 /mnt/nfs

6. talvez voce tenha que criar manualmente alguns diretorios:

   # cd /mnt/nfs
   # mkdir mnt proc

7. se nao tiver sido possivel criar as particoes com os mesmos
numeros que elas tinham no disco velho, voce tera' que editar
os seguites arquivos e corrigir todas as referencias `as particoes
de sistema e de swap:

   /etc/fstab
   /etc/lilo.conf

8. Reinstalar o LILO neste ponto seria complexo. O mais facil
e' criar um disquete de boot. Por exemplo (troque os nomes dos
arquivos e particoes convenientemente):

   # dd if=/mnt/nfs/boot/vmlinuz of=/dev/fd0
   # rdev /dev/fd0 /dev/hda1
   # rdev -R /dev/fd0 1
   # rdev -r /dev/fd0 0

9. Desmonte o disco, monte-o como master da primaria no lugar do disco
crashado, boote com o disquete e reinstale o LILO:

   # lilo

Se os nomes errados de devices tiverem sido usados, o disco novo
podera' nao bootar, ou podera' apenas iniciar o boot, por isso
confira com cuidado por favor todos os nomes.