Dicionário

coleção
É o mesmo que conjunto.
cardinalidade de um conjunto
É o número de elementos do conjunto.
subconjunto próprio
Um subconjunto A de um conjunto B é próprio se for diferente de B.  Notação: AB.
superconjunto próprio
Um superconjunto B de um conjunto A é próprio se for diferente de A.  Notação: BA.
crescente
Um vetor A[1..n] é crescente se  A[1] ≤ A[2] ≤ … ≤ A[n].
estritamente crescente
Um vetor A[1..n] é estritamente crescente se  A[1] < A[2] < … < A[n].
decrescente
Análogo a crescente.
estritamente decrescente
Análogo a estritamente crescente.
lg(n)  ou  lg n
Logaritmo na base 2:  o mesmo que log2(n) e log2 n.
x⌋  ou  piso(x)
O único inteiro i tal que  ix < i+1.  (Não confunda os caracteres ⌊ ⌋ com [ ] .)
x⌉  ou  teto(x)
O único inteiro i tal que  i−1 < xi.  (Não confunda os caracteres ⌈ ⌉ com [ ] .)
Ω
Letra grega ômega maiúscula.
Θ
Letra grega teta maiúscula.
f(n) = Ο(g(n))
O mesmo que dizer que existe um número c tal que  f(n) c g(n)  para todo n suficientemente grande.  (Estou supondo que f e g são funções que levam inteiros não negativos em reais não negativos.)
f(n) = Ω(g(n))
O mesmo que dizer que existe um número c ≥ 0 tal que  f(n) c g(n)  para todo n suficientemente grande.  (Estou supondo que f e g são funções que levam inteiros não negativos em reais não negativos.)
f(n) = Θ(g(n))
O mesmo que dizer que  f(n) = Ο(g(n))  e, ao mesmo tempo,  f(n) = Ω(g(n)).
número inteiro
Qualquer número do conjunto { … , −4, −3, −2, −1, 0, 1, 2, 3, 4, … } .
número natural
Qualquer número do conjunto { 0, 1, 2, 3, 4, … } .  Essencialmente o mesmo que número inteiro não negativo.
número racional
Qualquer número da forma  p/q , sendo p e q números inteiros e q ≠ 0.  O conjunto dos números ponto flutuante do computador é uma pequena parte do conjunto dos número racionais.  (A grande maioria dos números reais não pode ser representada em ponto flutuante.)
algoritmo linear
Algoritmo cujo consumo de tempo é  Ο(n),  sendo n o parâmetro que mede o tamanho da entrada do algoritmo.  Em geral, a expressão algoritmo linear só é aplicada a algoritmos que consomem tempo Θ(n).
algoritmo quadrático
Algoritmo cujo consumo de tempo é  Ο(n²),  sendo n o parâmetro que mede o tamanho da entrada do algoritmo.  Em geral, a expressão algoritmo quadrático só é aplicada a algoritmos que consomem tempo Θ(n²).
algoritmo logarítmico
Algoritmo cujo consumo de tempo é  Ο(log n),  sendo n o parâmetro que mede o tamanho da entrada do algoritmo.  Em geral, a expressão algoritmo logarítmico só é aplicada a algoritmos que consomem tempo Θ(log n).
algoritmo linearítmico (ou ene-log-ene)
Algoritmo cujo consumo de tempo é  Ο(n log n),  sendo n o parâmetro que mede o tamanho da entrada do algoritmo.  Em geral, a expressão algoritmo linearítmico só é aplicada a algoritmos que consomem tempo Θ(n log n).
bla bla bla para todo n suficientemente grande
O mesmo que dizer que existe um número  n0  tal que  bla bla bla  vale para todo n que seja maior ou igual a n0.
maximal
Suponha que S é uma coleção de conjuntos. Um elemento X de S é maximal se não existe Y em S tal que  YX , ou seja, se nenhum elemento de S é superconjunto próprio de X.
máximo
Suponha que S é uma coleção de conjuntos. Um elemento X de S é máximo se não existe Y em S tal que |Y| > |X|.  Em outras palavras, X é máximo se |X| ≥ |Z| para todo Z em S.   É evidente que todo máximo é maximal. Mas a recíproca longe está de ser verdadeira.
minimal
Suponha que S é uma coleção de conjuntos. Um elemento X de S é minimal se não existe Y em S que seja um subconjunto próprio de X.  Em outras palavras, X é minimal se X não é superconjunto próprio de algum outro elemento de S.
mínimo
Suponha que S é uma coleção de conjuntos. Um elemento X de S é mínimo se não existe Y em S tal que |Y| < |X|.  Em outras palavras, X é mínimo se |X| ≤ |Z| para todo Z em S.   (Cuidado! Esta definição pode ser diferente daquela usada na teoria das ordens parciais.)   É evidente que todo mínimo é minimal. Mas a recíproca longe está de ser verdadeira.
E[X]
Esperança da variável aleatória X, ou seja, k kPr[X=k].
Pr[X=k]
Probabilidade de que a variável aleatória X tenha valor k.

Valid HTML 4.01 Strict Valid CSS!