o Bibliografia de algoritmos para grafos

Algoritmos para Grafos

Livros e material na teia WWW

O material deste sítio é inspirado no segundo volume do livro de Sedgewick:
cover of Sedgewick, part 5

Robert Sedgewick,
Algorithms in C
(part 5: Graph Algorithms)
,
3rd. edition,
Addison-Wesley/Longman, 2002.

As figuras e exemplos do livro são excelentes.  Mas a análise da correção dos algoritmos é um tanto vaga e a documentação do código nem sempre diz claramente o que cada função faz.

Veja também a 4a. edição do livro — R. Sedgewick e K. Wayne,  Algorithms, 4th Edition, Addison-Wesley, 2011 — que usa a linguagem Java.

Outros textos

David Joyner, Minh Van Nguyen, Nathann Cohen,  Algorithmic Graph Theory.  Veja os sítios e-booksdirectory.com e code.google.com.

Donald E. Knuth,  The Stanford GraphBase,  ACM Press e Addison-Wesley, 1993.   Veja minha página sobre o SGB. Veja também as novidades sobre o SGB.

John A. Bondy, U.S. Rama Murty,  Graph Theory,  Springer, 2008.

John A. Bondy, U.S. Rama Murty,  Graph Theory with Applications,  Macmillan, 1976.

A.V. Aho, J.E. Hopcroft, J.D. Ullman,  The Design and Analysis of Computer Algorithms,  Addison-Wesley, 1974.  [Antigo mas muito bom.]

James A. McHugh,  Algorithmic Graph Theory,  Prentice Hall, 1990.

G. Chartrand, O.R. Oellermann,  Applied and Algorithmic Graph Theory,  McGraw-Hill, 1993.

M. van Steen,  Graph Theory and Complex Networks: An Introduction, Maarten van Steen, 2010.

Aplicações

D. Easley, J. Kleinberg, Networks, Crowds, and Markets: Reasoning About a Highly Connected World, Cambridge University Press, 2010.

Duncan J. Watts,   Small Worlds: The Dynamics of Networks between Order and RandomnessPrinceton Studies in Complexity,  Princeton University Press, 1999.

Sítios na teia WWW

P. Feofiloff, Y. Kohayakawa, Y. Wakabayashi,   Uma Introdução Sucinta à Teoria dos Grafos,  2011.

P. Feofiloff,  Algoritmos em Grafos com Stanford GraphBase.

P. Feofiloff,  Exercícios de Teoria dos Grafos, 2011.

Graph TheoryWolfram Demonstrations Project.

Projeto The Colorado Index of Complex Networks (ICON), coordenado por Aaron Clauset.

SPOJ Brasil (versão brasileira do Sphere Online Judge): desafios de programação.