Grupo de Desenvolvimento de Programas Computacionais (GDPC)

O NEHiLP necessita de diversas ferramentas computacionais, tanto para suporte à pesquisa, como para a coleta e exploração eficaz dos dados. Em particular, no projeto DELPo, há a necessidade da representação adequada das palavras e derivações, distinção de acepções e origens remotas, entre outros elementos.

Para a representação das informações é necessário:

Além disso, existe uma série de programas fundamentais para o desenvolvimento da pesquisa, a saber:


Os programas estão integrados pelo banco de dados e o portal de acesso (http://www.nehilp.org).


Todos estes sistemas se encontram prontos e em uso corrente. No entanto, há a necessidade constante de manutenção, seja para correção de eventuais erros ou por novas necessidades e ajustes.

A maturidade alcançada pelo sistema como um todo permite que seja feita uma refatoração, isto é, uma reconstrução onde redundâncias são eliminadas e tanto o código como o banco de dados sejam otimizados. Este é um processo normal do ciclo de desenvolvimento de programas, principalmente em sistemas cujas necessidades são identificadas ao longo do processo. Já houve uma refatoração em 2013 e para os próximos passos pretende-se usar um aracabouço mais moderno (Django), que facilitará novos desenvolvimentos e sua manutenção.

Com a crescente alimentação do banco de dados, pretende-se no futuro próximo, utilizar ferramentas de aprendizado de máquina e classificadores automáticos para identificar relações entre palavras e seus contextos, permitindo que o sistema consiga, ainda que parcialmente, identificar acepções não retrodatadas e sugerir ao pesquisador uma análise mais cuidadosa nestes casos.
A recente parceria com o http://ccsl.ime.usp.br permitirá um serviço de hospedagem de servidor melhorado e contará com uma equipe adicional de desenvolvimento.