MAP - Departamento de Matemática Aplicada

Frank Michael Forger

Passos principais da formação acadêmica: Graduação em Física (Vordiplom) - Freie Universität Berlin (1970), Mestrado em Física (Diplom) - Freie Universität Berlin (1974), Doutorado em Física (Doktor) - Freie Universität Berlin (1980), Pós-Doutorado como "research fellow" na "Theory Division" do CERN (1984-86) e Livre-Docência em Física (Habilitation) - Universität Freiburg (1986). Desde 1992, é professor titular do Departamento de Matemática Aplicada (MAP) do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da Universidade de São Paulo (USP). Atividades de pesquisa predominantemente nas áreas de Física Matemática e de Biomatemática, mais especificamente em temas tais como: teoria clássica e quântica dos campos, geometria diferencial, análise funcional, equações diferenciais parciais hiperbólicas, teoria de representações de grupos e álgebras, modelos matemáticos para a evolução do código genético e para a expressão gênica. (Texto informado pelo autor)

  • http://lattes.cnpq.br/6748364534679596 (25/03/2016)
  • Rótulo/Grupo:
  • Bolsa CNPq:
  • Período de análise:
  • Endereço: Universidade de São Paulo, Instituto de Matemática e Estatística, Departamento de Matemática Aplicada. Rua do Matão, 1010 Butantã 05508090 - São Paulo, SP - Brasil Telefone: (11) 30916246 Fax: (11) 30916131 URL da Homepage: http://www.ime.usp.br/~forger
  • Grande área: Ciências Exatas e da Terra
  • Área: Matemática
  • Citações: Google Acadêmico

Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

Prêmios e títulos

Participação em eventos

Organização de eventos

Lista de colaborações


Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

  • Total de projetos de pesquisa (3)
    1. 2011-Atual. Novas Abordagens em Geometria Nao-Comutativa
      Descrição: Da busca por uma generalização, do espaço-tempo plano (espaço de Minkowski) para espaços-tempos curvos com estrutura causal bem-definida (variedades lorentzianas globalmente hiperbólicas), da algebra DFR, proposta em 1995 por Doplicher, Fredenhagen e Roberts como modelo de um ?espaço-tempo quântico?, surgiu uma construção geral de uma álgebra C*, que parte de um fibrado vetorial de Poisson qualquer, sobre uma variedade qualquer, e reproduz em um caso muito especial a álgebra DFR: é a álgebra das seções contínuas que se anulam no infinito de um fibrado C*, sobre essa mesma variedade, cuja fibra em cada ponto é uma nova versão da ?álgebra C* das relações canônicas de comutação?, construída a partir da fibra do fibrado vetorial de Poisson original no mesmo ponto usando técnicas da ?quantização estrita por deformação? de Rieffel. O método abre novos caminhos para a geometria não-comutativa, pois proporciona uma ampla classe de exemplos concretos para investigar as relações entre topologia não-comutativa, descrita por álgebras C* (as quais generalizam a álgebra comutativa das funções contínuas sobre um espaço topológico), e geometria não-comutativa, descrita por uma certa classe de *-álgebras de Fréchet (as quais generalizam a álgebra das funções suaves sobre uma variedade diferenciável): é de se esperar que esta abordagem possa contribuir para esclarecer uma das questões centrais da geometria não-comutativa, a saber, qual exatamente seria essa ?certa classe?. Um problema parcial importante e já resolvido nessa direção é a questão qual é o arcabouço matemático adequado para uma teoria de variedades topológicas não-comutativas: estas devem ser descritas por feixes de álgebras localmente C* (as quais generalizam a álgebra comutativa das funções contínuas sobre um espaço topológico localmente compacto, mas não compacto). Assim, elimina-se a necessidade de considerar álgebras C* sem unidade (as quais generalizam a álgebra comutativa das funções contínuas sobre um espaço topológico localmente compacto, mas não compacto, que se anulam no bordo ou no infinito), e a estrutura algébrica torna-se compatível com os conceitos e métodos da teoria de feixes. Resta o problema de ?regularidade local?, ou seja, a questão de como efetuar a passagem do mundo do contínuo para o mundo do diferenciável.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . Integrantes: Frank Michael Forger - Coordenador.
      Membro: Frank Michael Forger.
    2. 2009-Atual. Sistemas de Amortizacao de Credito a Juros Compostos e Juros Simples
      Descrição: Sistemas de amortização de crédito, entre os quais encontram-se os sistemas de prestação constante (cuja versão a juros compostos é conhecida no Brasil como a "tabela Price"), de amortização constante (SAC) e de amortização crescente (SACRE), são amplamente utilizados por todas as instituições financeiras, no Brasil assim como no exterior. Assim, é surpreendente que eles ainda carecem de uma fundamentação matemática rigorosa, principalmente em suas versões a juros simples, que são praticamente desconhecidas - apesar da jurisdição predominante no Brasil proibir a capitalização dos juros. O presente projeto visa superar essa falta de uma modelagem matemática adequada - falta essa que durante décadas tem levado a uma confusão generalizada sobre o tema, tanto na justiça como entre peritos financeiros.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Frank Michael Forger - Coordenador. Número de produções C, T A: 2
      Membro: Frank Michael Forger.
    3. 2008-Atual. Sistemas de Processos Estocasticos Acoplados com Simetria e Expressao Genica
      Descrição: Surpreendentemente, um modelo matemático extremamente simplificado para descrever o regulamento da expressão gênica, que consiste de dois processos estocásticos adequadamente acoplados, exibe uma simetria oculta envolvendo a álgebra de Lie so(2,1), a qual permite algumas previsões exatas sobre o comportamento do sistema. Surge assim a questão se é possível chegar a conclusões semelhantes para sistemas mais complexos e, do ponto de vista biológico, mais realísticos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Frank Michael Forger - Coordenador / Fernando Martins Antoneli Júnior - Integrante / Alexandre Ferreira Ramos - Integrante / Guilherme C.P. Innocentini - Integrante.
      Membro: Frank Michael Forger.

Prêmios e títulos

  • Total de prêmios e títulos (0)

    Participação em eventos

    • Total de participação em eventos (4)
      1. Primer Encuentro Iberoamericano sobre Geometria, Mecánica y Control. Approaches to a Covariant Hamiltonian Formulation of Classical Field Theory. 2008. (Congresso).
      2. XXa Escola de Álgebra. Maximal Subgroups of Compact Lie Groups. 2008. (Congresso).
      3. 26. Colóquio Brasileiro de Matemática. Polysymplectic and Multisymplectic Structures on Manifolds and Fiber Bundles. 2007. (Congresso).
      4. Algebras, Representations and Applications (Lie and Jordan Algebras, their Representations and Applications - III) in Honor of Prof. Ivan Shestakov's 60th Birthday. Polylagrangian and multilagrangian forms: new structures in multilinear algebra. 2007. (Congresso).

    Organização de eventos

    • Total de organização de eventos (0)

      Lista de colaborações

      • Colaborações endôgenas (0)



        (*) Relatório criado com produções desde 2000 até 2020
        Data de processamento: 13/07/2020 16:09:00