Estudar a mobilidade humana local e global e seus efeitos sobre o espalhamento de doenças infecto­contagiosas é o objetivo principal deste projeto. A dinâmica espacial, deve contemplar a correção dos parâmetros de forma a incluir variações sazonais. Uma análise de risco, de um indivíduo ser contaminado e a determinação de limiares epidemiológicos também serão avaliados. Modelos estocásticos representam bem a mobilidade. Devido à dificuldade de obtenção de dados em quantidade suficiente, dados simulados por Monte Carlo deverão ser gerados para testes iniciais.