Existe um número muito grande de requerimentos a cada semestre, vários infundados ou mal preenchidos. Esta situação dificulta em muito a avaliação de cada caso.

A seguinte lista apresenta as prioridades e serve de guia para o preenchimento dos pedidos, além de tornar o processo transparente.

Antes de fazer um requerimento, leve em consideração os seguintes pontos:

 

  • Se uma disciplina obrigatória ou optativa eletiva não aparece no Júpiter para você, então alguma coisa está errada: pode ser um impedimento real ou alguma eventualidade que deve ser explicitada no pedido. ``Não aparece no Júpiter'' não é justificativa suficiente.
    Os casos mais comuns para a ausência da disciplina são:
    • Ausência de pré-requisito -- o requerimento será negado, exceto em casos excepcionais. Os seguintes casos nãosão excepcionais:
      • Ter tido contato informal com o assunto da disciplina.
      • Já ter cursado e ``quase'' passado.
    • A disciplina só é oferecida para outro curso no semestre corrente -- se houver vaga o requerimento será considerado para análise.
    • Alguma eventualidade como atraso na avaliação ou erro de cadastro.
  • Abandonos de disciplinas terão um peso negativo muito grande no julgamento de novas requisições. Se você tiver dificuldade em uma disciplina, pode usar o expediente do trancamento. Abandonos sucessivos lhe colocarão em último lugar na lista de espera.
  • Algumas turmas estão superlotadas, não há como aprovar requerimentos para elas.
  • Ser provável formando aumenta a chance de aprovação do requerimento, desde que não haja abuso desta condição.
  • Requerimentos fora de prazo são negados, a menos que estejam muito bem justificados. ``Estar viajando'' não é uma boa justificativa.
  • Matrículas com coincidência parcial de horário serão negadas automaticamente, a menos que seja um caso extremamente excepcional e extremamente bem justificado, quando o requerimento será considerado para análise.
  • Matrícula com coincidência total de horário será negada.
  • A matrícula em período alternativo está sujeita à presença de vagas, naturalmente.

Requerimentos para optativas livres serão considerados e aprovados desde que haja vaga e não exista outro tipo de impedimento como pré-requisito ou horário conflitante.

As prioridades para a aprovação de um requerimento são as seguintes, da maior para a menor. Em todos os casos será analisada a razão da matrícula não ter sido feita pelo sistema Júpiter.

 

  1. Estar na seriação correta e no semestre ideal.
  2. Não ter reprovações na matéria -- trancamentos não são considerados.
  3. Provável formando no semestre corrente, desde que ainda não tenha usado este expediente.
  4. Provável formando, desde que não tenha abandonado a disciplina anteriormente.
  5. Menor número de reprovações.
  6. Menor número de abandonos.

Uma exceção é feita a alunos que dependam apenas da disciplina para se formar.

Acompanhe sempre esta página para estar ao par de alterações e adaptações destas regras.