A seguir estão alguns trechos de depoimentos de ex-alunos do curso.


“A minha formação em ciência da computação na USP é a base da minha carreira internacional e do meu futuro. Sem dúvida, faria tudo novamente”
Henrique Ceribelli, gerente de produto da Bill.com (Start-up na Califórnia)


“Mais de 20 anos após ter terminado o curso ainda tenho a sorte de estar envolvido em desenvolvimento de software no meu dia a dia. Trabalho como desenvolvedor aqui em Redmond (estado de Washington) no time responsável pelo software básico do Windows Automotive (solução usada no Ford Sync e FIAT Blue & Me). No meu trabalho uso diariamente os conceitos que aprendi no BCC”
Mario Bonini Biazzi, software development engineer da Microsoft


“O BCC é um curso fantástico, que me deu a base técnica sólida em matemática e ciência da computação que faz a diferença em meu trabalho até hoje. Eu acho que não poderia ter feito um curso melhor em alguma outra universidade”
Márcio Grossi de Almeida, gerente de TI da Hexacta


“Tendo já muitos anos de mercado, e sendo mais velho, a passagem pelo IME foi uma oportunidade também para perceber o valor de um aluno do IME. Eu mesmo contratei de 20 a 30 IMEanos diretamente e indiquei outros tantos. A diferença é brutal.”
Rubens Altimari, proprietário da Whitehat Software


“Estudar Computação no IME-USP abriu diversas oportunidades na minha carreira profissional. Já no segundo ano de curso comecei a fazer estágios em empresas do ramo. E, devido às diversas oportunidades de iniciação científica que o curso oferece, descobri o prazer de se fazer pesquisa.”
Seiji Isotani, doutorando da Osaka University, Japan


“O IME foi o berço da empresa que fundei juntamente com meu irmão, a Caelum, que hoje tem 60 colaboradores. Sem duvida as conversas com Carlinhos, Coelho, Feofiloff, Reverbel, Kon e outros professores abriram caminho e incentivaram o meu empreendedorismo e o de outros colegas, que dentro do IME realizaram diversas empreitadas”
Paulo Eduardo Silveira, sócio diretor da Caelum


“Procurei aproveitar ao máximo as oportunidades que o IME, bem como a USP em geral, proporcionam aos seus alunos. Além das matérias do BCC em si, trabalhei como monitor, participei de uma iniciação científica e tive a chance de cursar disciplinas de outras áreas, como as da FEA. No início da minha vida profissional, um ponto de destaque é que o sistema no qual trabalhei a maior parte do tempo havia sido criado por três ex-alunos do BCC, um dos quais era o meu gerente”
Rodrigo Mendes Leme, analista de sistemas da Convergys


“Tecnologias mudam e avançam a cada hora; a base sólida do BCC forma profissionais capazes de adaptar-se a mudanças no mercado – além de ter a grande vantagem de oferecer a opção acadêmica para quem quer continuar em estudos mais avançados, estudando no Brasil ou no exterior”
Lucia Moura, professora associada da University of Ottawa, Canadá


“O curso de Ciência da Computação me proporcionou uma formação abrangente. Ou seja, ele não me ensinou uma linguagem de programação ou tecnologia. Ele me ensinou a aprender qualquer linguagem ou tecnologia”
Marcos Augusto Nagamura, desenvolvedor web


“O mercado de trabalho realmente é muito bom para nossa área, o salário é muito bom, com opções de trabalho inclusive no exterior. O diploma de um curso da USP sem dúvida também abre várias portas”
Luis Francisco Rodrigues, consultor técnico da LabCentrix LLC


“O BCC ensina algumas coisas não óbvias que não estão no currículo da disciplina e são supervalorizadas no mercado”
Daniel Muller, gerente de projetos de TI da Fleury Medicina e Saúde