Download como arquivo ICAL
Doutorado: "Um modelo para a estimação da dívida técnica baseado em produtividade"
Segunda-feira 17 Junho 2019, 10:00
Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Canditado: Jandisson Soares de Jesus

 

Orientadora: Profa. Dra. Ana Cristina Vieira de Melo

 

Resumo:

Negligenciar o gerenciamento da dı́vida técnica traz consequências negativas para os projetos de desenvolvimento de software. Caso a dı́vida técnica atinja patamares muito altos, é possı́vel que a continuidade do projeto se torne inviável. Uma das atividades do gerenciamento é estimar o esforço adicional, causado pela existência da dı́vida técnica, para realizar as futuras atividades de desenvolvimento. Esse esforço adicional é chamado de juros da dı́vida técnica. Apesar de sua importância, pouco se sabe a respeito dele. Essa falta de informação dificulta o gerenciamento, pois a estimativa dos juros é essencial para a priorização do pagamento da dı́vida técnica. Caso uma dı́vida apresente juros muito baixos, não faz sentido que seu pagamento seja priorizado. Semelhantemente, caso uma dı́vida tenha os juros muito alto, o pagamento dela deve ser priorizado. Além disso, saber quais tipos de dı́vida apresentam maiores juros permitiria a definição de estratégias para evitar a criação desses tipos de dı́vida técnica. Neste projeto iremos propor um modelo para estimar o comportamento dos juros da dı́vida técnica. Esse modelo irá utilizar dados de projetos presentes em repositórios de software para analisar o impacto da dı́vida técnica no desenvolvimento e evolução dos projetos. Iremos estimar, para um determinado tipo de dı́vida técnica, o quanto de esforço extra será necessário para realizar as atividades de desenvolvimento e evolução do software em decorrência da existência dessa dı́vida.


Palavras-chave: dı́vida técnica, repositório de software, estimativa de software.

Local IME - Auditório Jacy Monteiro - Bloco B