Avizinhar

O Programa Avizinhar foi uma iniciativa institucional emblemática de ação da USP com vistas à coesão social. Objetivou estabelecer uma convivência reciprocamente mais harmoniosa e respeitosa entre a Universidade e a população de baixa renda que vive em suas imediações, bem como entre a comunidade acadêmica e as crianças e adolescentes com quem convive no campus. Foi criado em 1998 pelo então reitor Jacques Marcovitch e executado pela então Coordenadoria Executiva de Cooperação Universitária e Atividades especiais (CECAE) até 2012, quando a extinção da CECAE ensejou a transferência do programa para a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão. Na Pró-Reitoria passou por reformulação e inspirou a criação de um novo programa chamado Aproxima-Ação, no âmbito do Núcleo de Direitos Humanos.

O Programa tinha como eixos de atuação a educação em meio aberto (em “campus aberto”) – atividades educativas, acompanhamento familiar, escolar e comunitário; e as redes de cooperação – instituições sociais, escolas e outros atores, mobilizando os ativos da comunidade. Docentes, funcionários e alunos do IME, bem como institucionalmente o próprio IME, tiveram participação direta e importante no projeto, oferecendo, por meio do CEC (Centro de Ensino de Computação), cursos de qualificação profissional que incluíam ensino de técnicas de escritório, matemática básica, língua portuguesa, artes e ferramentas de produtividade (editor, planilha, etc.), com parceria financeira do programa Universidade Solidária, um braço do Comunidade Solidária.

No vídeo, dão seus depoimentos o Prof. Sérgio Muniz Oliva (MAP), à época Coordenador da CECAE, bem como o Prof. Alan Durham (MAC) e a funcionária Kathia Kiesshau, que coordenavam a iniciativa do CEC. Fica aqui um registro desse programa, que é um exemplo de trabalho interdisciplinar de extensão universitária.

Vídeo

 

Arquigrafia
O projeto da Rede Social Arquigrafia reúne desde 2009 uma equipe multidisciplinar de pesquisadores da FAUUSP, IMEUSP e ECAUSP para a criação de um ambiente colaborativo para a visualização, interação e compartilhamento de imagens digitais de arquitetura – fotografias, desenhos e vídeos –, na Internet.
Saiba Mais 

 
Embaixadores da Matemática
Este projeto tem a finalidade de organizar palestras avulsas de matemática para estudantes do ensino médio, dadas por professores e pesquisadores do IME. Os professores abordam aspectos interessantes da matemática não cobertos, em geral, pelo currículo tradicional e falam também sobre os cursos do IME: matemática, matemática aplicada, licenciatura em matemática, estatística e ciência da computação.
 

Matemateca
A Matemateca busca a construção de uma linguagem que permita aproximar a Matemática de estudantes de todos os níveis e do público em geral. Objetos concretos expressam essa linguagem e possibilitam que as pessoas interajam com conceitos clássicos, modernos e até em pesquisa atual na Matemática.
Saiba Mais 

Programa de Verão
No Programa de Verão do IME são oferecidos cursos de DIFUSÃO CULTURAL e disciplinas de PÓS-GRADUAÇÃO abertos a todos os interessados (incluindo pessoas externas à Universidade).
 

Universidade e as Profissões
Se você, que é pré-vestibulando e quer conhecer as carreiras e os cursos da USP para ter mais embasamento sobre o que decidir para o seu futuro, conheça o programa Universidade e as Profissões, coordenado pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária. O programa promove anualmente visitas às unidades da Universidade e também realiza feiras de profissões, no campus da capital e nos do interior.
Saiba Mais 


Universidade aberta à 3ª idade
Por meio do programa Universidade Aberta à 3ª Idade, pessoas com idade acima de 60 anos podem participar de atividades esportivas ou didáticos-culturais que são oferecidas pelas unidades da USP. Anualmente, a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP publica um catálogo com a relação de todas as atividades oferecidas.
Saiba Mais