O Programa de Pós-Graduação em Estatística do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME-USP) é constituído por um Mestrado acadêmico e um Doutorado, ambos criados em 1970. Na última avaliação da CAPES, triênio 2010-2012, o programa recebeu nota máxima, em uma escala de 1 a 7. Isto nos garante a permanência no prestigioso grupo de pós-graduações do sistema CAPES-PROEX. Nestes quase 40 anos de atividades, o programa já formou mais de 300 mestres e 200 doutores.

Contamos com um corpo docente formado por especialistas em várias áreas da Probabilidade e da Estatística incluindo análise de sobrevivência, aperfeiçoamento de métodos assintóticos, modelagem estocástica em atuária, econometria e finanças, bioinformática, inferência Bayesiana, inferência em processos estocásticos, modelagem de sistemas interagentes complexos, modelos de regressão e aplicações, modelos lineares generalizados, probabilidade e processos estocásticos, séries temporais e teoria da confiabilidade. Docentes do Programa se relacionam com grupos de pesquisa internacionais de destaque o que permite intercâmbio de estudantes e pesquisadores.

O programa tem uma estrutura curricular ampla com disciplinas de teoria de probabilidade e estatística e um conjunto de disciplinas específicas que abrangem áreas relacionadas às linhas de pesquisa desenvolvidas pelo corpo docente. São oferecidas cerca de 12 disciplinas por semestre além de disciplinas no Programa de Verão do IME-USP. Os alunos ainda contam com uma programação intensa de conferências e seminários organizados pelos grupos de pesquisa do Departamento de Estatística.
Contamos com o apoio de CNPq e CAPES para oferecermos regularmente bolsas de estudos a alunos com dedicação exclusiva ao curso e excelente desempenho. Uma alternativa importante para estas agências é a Fapesp. O programa incentiva e dá apoio financeiro para alunos participarem de eventos científicos.

Próximas Defesas

04/10/16 10:00 - 13:00
Mestrado: "Análise de dados de sobrevivência com presença de riscos competitivos e fração de cura"